Loading...

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Quase extinto


A União pela Preservação da Natureza divulga anualmente uma lista com as espécies em risco de extinção. O macaco-prego-do-peito-amarelo (Cebus xanthosternos), típico do Nordeste brasileiro, é classificado como criticamente ameaçado - o que indica que ele está quase extinto. A entidade atribui o declínio dos números do macaco - em 1994 ele era classificado apenas como em risco de extinção - à exigüidade de seu habitat natural e à caça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário